a teoria de tudoO filme A Teoria de Tudo é fiel ao livro de Jane Hawking, mas há diferenças sutis. No livro percebe-se a arrogância da família Hawking que muitas vezes menospreza intelectualmente Jane e  o egoísmo de Stephen em alguns momentos e sua vontade exagerada de arrancar de Jane sua fé católica. O filme sublima esses pontos.

A narrativa é arrastada em alguns momentos, o que dificulta o andamento da leitura mas isso não faz com que o livro se torne menos interessante.

Impossível não ler o livro e não pensar em Eddie Redmayne como Stephen Hawking, num desempenho magistral que lhe rendeu o Oscar de Melhor Ator em 2015.

Lendo o livro, compreendemos melhor o lado de Jane e percebemos que ela tentou muito dar o melhor a Stephen. Não há espaços para julgamentos.

Super recomendo o livro.

Sinopse: A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen. Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único. Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s