11951670_10201101809742907_5520389799949531168_oA Bienal do Livro do Rio começou no dia 3 e vai até o dia 13. Eu fui no último dia 6 e adorei! A Bienal está mais organizada, tem mais stands e ótimas promoções. Comprei livros até com 20% de desconto.

O país homenageado é a Argentina que fica num stand lindo, meio glacial e onde há palestras em horários que você pode checar na programação da Bienal através de um jornalzinho.

A única coisa ruim foi o trânsito e a má sinalização porque está rolando uma obra giga da Transcarioca. Eu me perdi e tive que voltar e achar o caminho certo. O lado bom é que vi as obras do Parque Olímpico.

O Riocentro para quem é fora do Rio fica na Avenida Salvador Allende, em frente à Cidade do Rock que será palco do Rock in Rio dentro de alguns dias. O estacionamento é amplo com pessoas bem treinadas sinalizando e gentis. Ele custa 22 reais em preço único. A dica é pagar assim que se chega para evitar as filas homéricas.

O ingresso da Bienal é 16 reais, a inteira e 8, a meia. Professores não pagam.

O stand que eu mais gostei foi o da Intrínseca, no Pavilhão Azul onde comprei Nós, de David Nicholls, O jovem Sherlock Holmes – Gelo Negro, de andrew Lane e Quase uma rockstar, de Matthew Quick. Além disso, ganhei muitos marcadores de livro. Amo!

O Pavilhão Laranja tem muitos livros a dois e cinco reais e é mais voltado para crianças.

O Pavilhão Verde tem livros raros e de  sebos.

Eu gostei mais do Pavilhão Azul, como sempre. Também comprei O Mistério da Estrela, de Neil Gaiman.  Sou fã de seus quadrinhos. Fiz um trabalho para a faculdade sobre história em quadrinhos com meus colega Leonardo Coelho e adoro lê-lo.

Queria ter gasto mais, mas me segurei muito. Tem um lugar no Pavilhão Laranja para tirar selfies e não consegui ir a nenhuma palestra do Café Literário. É bom pesquisar os palestrantes.

David Nicholls que escreveu Um Dia, deu palestra no sábado, dia 5, à noite. Depois soube. Vale conferir a programação.

Para quem ama livros como eu, a Bienal é um Parque de Diversões. Imperdível.

Faltou a minha amiga e colunista do Coração e do Dobradinha Literária, Arita Souza!

Crédito da foto: Anna Barros

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s