eric claptonA vida de Eric Clapton sempre foi motivo para os tablóides britânicos. Viciado em heroína, cocaína e mulheres, toda sua carreira passou da seção de espetáculos para aquela de devaneios com seu lado selvagem de vida.

Por isso, não é estranho que Paul Scott, jornalista do Daily Mail, acabe de editar a biografia: Órfão : a  biografia definitiva de Eric Clapton, dedicada a este músico que teve a santíssima trindade dos astros de rock: sexo, drogas e rock and roll.

Seus problemas com drogas estão documentados, assim como com o álcool, que abandonou em 1987. Mas Clapton, de 70 anos, e ganhador de vinte prêmios Grammy, também teve uma vida amorosa movimentada, e detalhes que não se conheciam até agora. A mais explosiva para os ingleses, foi o suposto romance que teve com Lady Di, apesar do autor do livro não ter confirmado.

O livro também fala de outras relações explosivas como a que manteve com Carla Bruni, a cantora francesa, que hoje é esposa do ex-presidente francês Nicolas Sarkozy Carla queria conhecer Mick Jagger, famoso por roubar as mulheres alheias. Clapton pediu a Jagger que poupasse Carla, pois estava apaixonado, mas Jagger não lhe deu ouvidos. Dias depois, os dois assumiriam um romance que durou sete anos e fez com que o astro dos Rolling Stones se separasse de Jerry Hall.

A biografia é não-autorizada e promete causar tumulto.

 

Por Anna Barros

 

Crédito da foto: Cordon Press

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s