Dobradinha Literária #63: A Logística da cidade Olímpica – Desafios Estratégicos na Rio 2016 de Wagner Ferreira

Esta reveladora obra destaca a importância das operações logísticas na realização dos Jogos Olímpicos, com números e desafios desconhecidos pelo público em geral.
Uma infinidade de equipamentos esportivos e materiais devem ser armazenados e transportados com precisão, de modo a garantir o sucesso do evento. Caso contrário, pode desencadear grandes reflexos negativos.

Luis Fernando Verissimo faz 80

verissmoNo dia 26 de setembro, Luis Fernando Verissimo faz 80 anos. O autor é filho de Erico Verissimo e tem inúmeras obras interessantes. Além delas, ele também escreve coluna no jornal O Globo, Estado de São Paulo e Zero Hora.

Luis Fernando é gaúcho, casado com Lucia, tem três filhos e dois netos Lucinda e Davi.

O meu livro preferido de Verissimo é  Comédias da Vida Privada que virou até serie de TV no Fantástico.

Há personagens interessantíssimos como a velhinha de Taubaté, As cobras, o analista de Bagé.

Existem livros muito legais como As mentiras que os homens contam, Comédias para se ler na escola, dentre outros.

Qual é o seu livro preferido de Verissimo?

O autor gaúcho preparou um livro com suas melhores frases que será lançado em breve.

Vida longa a Verissimo!

 

Harry Potter e A Pedra Filosofal – Edição Ilustrada

downloadHarry é filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo que ninguém gosta de citar o nome, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios, chamados trouxas por não possuírem nenhum tipo de poder e, sofre por se sentir diferente.

Mas no dia de seu aniversário de 11 anos, ele recebe uma carta que mudará sua vida: um convite para ingressar na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, famoso colégio especializado em formar jovens bruxos que o conduz a um mundo mágico. Então, ele descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas Voldemort.

A partir de então, o pequeno Harry Potter conhece um mundo encantado que jamais sonhara e vive as mais incríveis aventuras ao lado dos novos amigos, Rony Weasley e Hermione Granger.

download-1

A Plataforma 9 e meia está cheia. Não perca o Expresso Hogwarts e pegue seu livro, porque está na hora de partir para a maior aventura de toda sua vida! O trem encantado o aguarda para transportá-lo para um mundo de novas imagens.

Para a alegria dos fãs, o primeiro dos sete livros da série mágica que se tornou o maior fenômeno editorial de todos os tempos, Harry Potter e a Pedra Filosofal chega em Edição totalmente Ilustrada, perfeita para a legião de admiradores da saga de J.K. Rowling e para as novas gerações que estão descobrindo a leitura.

As novas ilustrações presentes em Harry Potter e a Pedra Filosofal foram desenhadas por Jim Kay, que é ilustrador há mais de 7 anos e já ganhou a condecoração Kate Greenaway Medal, prêmio literário internacional para ilustrações em livros infantis.

Esta edição ilustrada é a primeira da saga e traz uma nova visão à história clássica que todos nós conhecemos, acompanhamos e admiramos.

J.K. Rowling disse que as ilustrações criadas por Jim Kay a tocam profundamente: “Adoro a sua interpretação do mundo de Harry Potter. Sinto-me grata e honrada por ele lhe ter emprestado o seu talento”, destaca a autora.

Foto rara de Machado de Assis presidindo a ABL é encontrada

Em publicação no último dia 12/09/2016, o site G1 revelou uma foto raríssima do escritor Machado de Assis presidindo uma sessão da Academia Brasileira de Letras. O pesquisador Felipe Rissato, descobridor a imagem, afirmou que a ABL possuía uma foto de Rui Barbosa presidente da instituição em 17 de maio de 1909.

A foto de Machado de Assis datada em 31 de outubro de 1905 é agora o registro mais antigo da Academia. Nela o autor aparece entre os acadêmicos Alberto de Oliveira e Silva Ramosque o auxiliam na sessão que elegeu Mário de Alencar para ocupar a cadeira de n.º 21, vaga pela morte de José do Patrocínio.

Imagem encontrada por pesquisador que diz ter encontrado o único registro de Machado de Assis (em destaque sob a seta) presidindo uma sessão da ABL, em 31 de outubro de 1905 
machado-de-assis-abl

Este não é o primeiro achado machadiano de Rissato, uma crônica intitulada Lembranças de Minha Mãe, na qual o criador da Academia Brasileira de Letras lamenta o recente falecimento de sua mãe, veio a público também graças ao pesquisador.

O próprio “descobridor” da foto reconhece que a qualidade “é ingrata”. Mas vale pela raridade: trata-se do único registro já encontrado do escritor Machado de Assis presidindo uma sessão da Academia Brasileira de Letras (ABL), entidade fundada por ele. A imagem (veja acima), que mostra uma reunião de 31 de outubro de 1905, vai ser reproduzida na edição de dezembro na “Revista Brasileira”, publicação trimestral da ABL.

O pesquisador independente Felipe Rissato, que encontrou a rara fotografia, explica que ela saiu originalmente na revista “Leitura para Todos” em dezembro daquele ano. Mas jamais foi republicada ou mencionada em qualquer arquivo.

“A própria Academia registra como documento iconográfico mais antigo de uma sessão pública a fotografia da sessão realizada em 17 de maio de 1909, já presidida por Rui Barbosa”, diz Rissato em entrevista ao G1 por telefone. De acordo com ele, a nova foto de Machado se torna agora “o registro iconográfico mais antigo de uma sessão da ABL”.

Na foto, Machado de Assis aparece entre os acadêmicos Alberto de Oliveira e Silva Ramos. Eles o auxiliavam no andamento da sessão que elegeu Mário de Alencar para ocupar a cadeira nº 21 da ABL, vaga pela morte de José do Patrocínio.

Rissato explica como pôde assegurar que é mesmo o autor de “Memórias póstumas de Brás Cubas” e “Dom Casmurro” na imagem:

“A legenda [da revista] auxilia, uma vez que dá a data exata da sessão, sobretudo por ser uma revista contemporânea. Porém, mesmo que muito pouco, é possível divisar a face do bruxo, ensanduichada entre os rostos de Alberto de Oliveira e Silva Ramos”.

Ele justifica citando que a a foto é bem semelhante a outra feita em 1904 (veja abaixo).

Imagem de perfil do escritor Machado de Assis em 1904 (Foto: Divulgação)
Imagem de perfil do escritor Machado de Assis em 1904 (Foto: Divulgação)

A imagem de 1905 faz parte de uma pesquisa iconográfica de Machado de Assis feita por Rissato. “O número 89 da ‘Revista Brasileira’ vai publicar ao todo 38 fotos”, descreve o pesquisador. “Dentre elas, apenas uma é inédita, feita em 1880 pelo fotógrafo Isley Pacheco. E será a primeira vez em que o conjunto estará reunido.”

Na edição 87 da “Revista Brasileira”, Rissato já havia divulgado uma crônica até então desconhecida na qual Machado de Assis lamentava a morte de sua mãe (veja abaixo). Intitulado “Lembranças de minha mãe”, o texto foi originalmente publicado em 1860 na revista “Revista Luso-Brasileira” e sem assinatura.

“Não era raro o Machado de Assis escrever coisas anônimas e só depois comprovadas”, diz Rissato. “Neste caso, foi porque é um tema tão triste, tão caro a todos nós, a perda da mãe.”

Fonte: G1

#48 Nova Antologia Poética – Vinicius de Moraes

nova-antologiaPara quem gosta de poesia, Vinicius de Moraes é parada obrigatória. Essa Nova Antologia é simplesmente sensacional e pode ser lida em qualquer lugar: metrô, ônibus, na espera da consulta médica, na praia, na rede.

Meus poemas favoritos são: Ternura, São Francisco, Soneto de Fidelidade e Soneto de Aniversário.

Para ler e deleitar! Vinicius é o que há de mais sublime na poesia, na literatura.

 

Dobradinha Literária #62: O Deserto dos Meus Olhos – Leon Ídris

Sinopse: Rupert Lang só tem lembranças do que não viveu. Nas entrelinhas do papel em que escreve diariamente, ele busca encontrar o que restou de sua identidade perdida. O leitor de seus escritos é sua única companhia, um confidente capaz de guiá-lo de volta ao que ele foi um dia. Como um romance histórico encerrado numa única mente, o caminho a ser trilhado envolve acontecimentos não registrados nos livros de História; passagens pela corte espanhola do reinado de Isabel II, pelas ruas da Praga de Johannes Kepler e pelos corredores de um templo budista construído em um penhasco na China. Aquilo que poderia ter sido vivido e aquilo que se suspeita partir da imaginação recebem igual valor, desafiando o leitor a confiar no caos e a encontrar respostas e verdades no inverossímil – ou apesar dele.

Dobradinha Literária #61: O Curupira e o Espantalho de Joel Rufino dos Santos

downloadFilho de pernambucanos, Joel nasceu no ano de 1941 em Cascadura, subúrbio carioca.
Desde criança se encantava com as histórias que a sua avó Maria lhe contava. Junto com os gibis que lia escondido de sua mãe, estruturou sua paixão literária moldando-se um futuro fazedor de histórias. Seu pai também teve um papel nessa formação, presentando-o com livros que Joel guardava em um caixote.

 

 

A menina que tinha dons – M.R. Carey

downloadEis uma grande dica que deixo neste embate final: qual será melhor? o livro ou o filme que logo tem sua estréia?? Logo retornarei com uma resenha detalhada ok?

Cultuado autor de quadrinhos e roteiros da Marvel e da DC Comics, entre eles algumas das mais elogiadas histórias de X-Men e O Quarteto Fantástico, o britânico M. R. Carey apresenta uma trama original e emocionante em sua estreia como romancista com A menina que tinha dons, lançamento do selo Fábrica231.

Aclamado pela crítica, o livro se tornou um bestseller imediato na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos ao contar a história de Melanie, uma menina superdotada que faz parte de um grupo de crianças portadoras de um vírus que se espalhou pela Terra e que são a única esperança de reverter os efeitos dessa terrível praga sobre a humanidade. Uma comovente história sobre amor, perda e companheirismo encenada num futuro distópico.

Confira o trailer ..

 

Boa notícia da Editora Intrínseca!!!

a5d301506e8d8f211c53d4747959d68d“Nos últimos meses, muitos leitores enviaram mensagens nas redes sociais pedindo que fosse lançado o primeiro livro da trilogia O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares. Pois temos uma boa notícia para os apaixonados pela série: a obra será lançada pela Intrínseca em novembro! Seguindo o mesmo projeto gráfico de Cidade dos etéreos e Biblioteca de Almas, o livro terá capa dura, sobrecapa e páginas coloridas.”

A história começa com Jacob Portman, um adolescente de 16 anos, disposto a descobrir a verdade sobre a morte do avô. Para isso, ele segue pistas que o levam a um orfanato abandonado em uma remota ilha galesa. O local abrigava crianças com dons sobrenaturais, protegidas graças à poderosa magia da diretora, a srta. Peregrine.

A obra foi adaptada para os cinemas pelo diretor Tim Burton e estreia no Brasil em 29 de setembro.Eva Green, Asa Butterfield, Allison Janney, Chris O’Dowd e Ella Purnell estão no elenco.

Fonte: Editora Intrínseca