olhai-os-lirios-do-campoTodo livro do ´Erico Veríssimo é demais!  Esse e tão bom que foi adaptado e virou novela.

O título do livro é baseado num trecho bíblico que fala de preocupações exageradas, do grande temor que o homem tem com o porvir, com o que há de vir.

Olhai como crescem os lírios do campo: não trabalham nem fiam! Pois Eu vos digo: Nem Salomão, em toda a sua magnificência, se vestiu como qualquer deles. Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã será lançada ao fogo, como não fará muito mais por vós, homens de pouca fé? Não vos preocupeis, dizendo: ‘Que comeremos, que beberemos, ou que vestiremos?c

O doutor Eugênio escolheu uma mulher que lhe convinha de acordo com seus medos e interesses, ele precisava de segurança. As suas más escolhas são justificadas pela infância pobre e o seu rancor em relação ao pai, que ele não conseguia admirar nem amar, sentia- se envergonhado, apesar de todos os esforços do homem, alfaiate, por dar- lhe a melhor educação em um internato privado, um colégio inglês cristão só para rapazes, o Columbia College.

A recordação da humilhação na infância é o motor da vida de Eugênio, é para fugir desse sentimento que estão baseadas todas as ações na sua vida adulta. Eugênio quer ser respeitado socialmente, custe o que custar. Cego.

Eunice, rica, foi a aposta segura. Eugênio formou- se em Medicina, mas não queria ser médico de subúrbio. Gostava de luxo, de fama e queria fugir da pobreza, o legado da sua família simples e honesta. Fingia amar Eunice, mas pensava em Olívia. O tempo todo estava ciente do erro, vivia angustiado e infeliz.

O personagem tem uma visão deformada da vida. Posso citar o caso brasileiro sem pestanejar. O valor está no ter. As pessoas envergonham- se de serem simples, há uma necessidade de ostentar, ainda que não tenham nada. Esse livro é espelho. Esta pode ser uma das funções úteis da literatura.

Apesar que essa é uma tendência já ficando ultrapassada, a da “segurança”. Universidade, concurso público, propriedades, casamento… A nova geração, a turma dos 20, já demonstra uma mudança de comportamento aqui e aí. Os jovens querem comprar experiências e não uma prestação de apartamento por 30 anos. Alugam, não compram; viajam, não criam limo; juntam- se, não casam. São mais honestos e espontâneos. A opinião alheia já não influi. São mais livres, sem hipocrisia. Hoje em dia, já não se casa mais por interesse como antigamente.

Eugênio e Olívia se conhecem e se apaixonam na faculdade de Medicina, mas depois que se formam, cada um vai para seu lado. Ela vai para o interior e ele decide ascender socialmente.

Quando ele sabe que ela está doente e acaba morrendo, ele decide dar uma guinada na vida separar-se, deixar Eunice e a filhinha Anamaria de três anos. A morte de Olívia foi a redenção de Eugênio.

Esse livro foi um marco na vida de Érico Veríssimo pois foi através dele que decidiu levar a profissão de escritor a sério.

Super recomendo esse livro e O Tempo e o Vento.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s